sábado, 18 de março de 2017

A PREPARAR A CASA PARA A CHEGADA DO BEBÉ - 2

Esta semana foi muito difícil. Para além de ser uma época de muito trabalho, ainda foi semana de pinturas cá em casa.

A nossa casa é pequena, destralhada com muita frequência, e temos pouca coisa. Não gosto de ter muitos objetos, principalmente coisas que só servem para enfeitar. Claro que gosto de decoração, mas não excessiva.

Dispenso ter muitos quadros, prefiro paredes brancas. Gosto de manter as coisas simples, fáceis de limpar, fáceis de arrumar.

No entanto, ver a casa completamente desarrumada durante uma semana, foi muito difícil. Dei por mim a pensar que afinal temos muita coisa, que ainda podemos reduzir mais.

Estivemos quase uma semana sem dormir na nossa cama e alguns dias nem dormimos em casa, pois o cheiro a tinta, isolante e mais não sei o quê era insuportável. E o receio de me prejudicar, ou ao bebé, fez-nos optar por evitar estar cá. Com tudo isto, o cansaço foi muito!

Hoje as pinturas terminaram e conseguimos arrumar e limpar muita coisa numa tarde, com a ajuda da minha sobrinha, que não quer que me esforce nada por causa do bebé. Há ainda muito a fazer, mas o pior já está.

Acaba por ser bom, pois somos mesmo obrigados a olhar para tudo, a limpar tudo e a descartar aquilo que não faz falta.

Mudámos também a disposição do quarto, já a pensar no berço. Na verdade mudamos a disposição do quarto com muita frequência, já que o permite.

Aproveitei para lavar todos os edredons, cortinas, almofadas, tapetes pequenos... Fui a uma lavandaria self-service e foi uma ótima decisão. Numa hora e meia lavei tudo e voltei para casa com tudo cheiroso e seco. Valeu cada cêntimo!

Agora falta comprar um tapete para a sala com pêlo curto, ou sem pêlo. Os dois que temos são farfalhudos, bonitos, mas ótimos para acumular pó e pelos de Alf. À espera de um bebé, a casa não precisa de coisas para acumular sujidade.

E assim vamos preparando tudo para a chegada do bebé. Está quase!!! ;)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 15 de março de 2017

A PREPARAR A CASA PARA A CHEGADA DO BEBÉ

Adorava estar a escrever com frequência, mas não tem sido possível.

Estamos a um mês, mais coisa menos coisa, da chegada do nosso príncipe e como tal, a casa tem de estar pronta para ele.

Resolvemos pintar, não nós mas o pintor, algumas divisões que estavam mais precisadas e tem sido uma grande confusão. Num dia a casa está arrumada, no outro não, num sim, noutro não...

Sei que no final vai compensar muito, aliás, já se começam a ver os resultados, mas ter as coisas do quarto na sala, depois ter de passar as da sala para o quarto... é uma trabalheira.

Há duas noites que dormimos no sofá, e se na primeira foi muito giro, a segunda já não gostamos assim tanto. Não há como ter a casa arrumada e cada coisa no seu lugar, sem dúvida.

Espero que as pinturas terminem amanhã, pelo menos é esse o plano, depois será altura de limpar e colocar tudo no devido lugar. Só depois volto à minha árdua tarefa de organização.

Ninguém disse que ía ser fácil, pois não? Se fosse fácil, era para qualquer um... ;)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 5 de março de 2017

OPERAÇÃO "ORGANIZAR" - O INÍCIO

Se bem se lembram, há uns tempos confessei que a minha casa estava caótica e que pretendia melhorar as coisas.

Gosto muito de organização e quando resolvo dedicar algum tempo a isso, as ideias não param de surgir. Cada vez que reorganizo alguma coisa, penso que está melhor que nunca, mas mais tarde ou mais cedo surge outra ideia para reorganizar, e é sempre melhor que a anterior.

Sendo assim resolvi entrar em batalha contra o caos e organizar tudo, de forma a que as coisas voltassem a estar como gosto.

Tendo em conta a minha disponibilidade e a minha barriga, sabia perfeitamente que a tarefa não podia ser realizada num ápice. Portanto optei por listar todas as tarefas a realizar para ter um ponto de partida e para não andar a saltitar entre tarefas.

Além das tarefas, listei também os locais que tenho para arrumação e como seria a melhor forma de organiza-los. Por exemplo, num roupeiro ficam todos os nossos casacos pendurados, no outro fica a minha roupa e por aí.

A roupa é sem dúvida algo que preciso de organizar. E é mesmo toda a roupa cá de casa, desde aquilo que vestimos, até roupa de cama, de casa-de-banho, roupa interior, roupa de praia... tudo.

Comecei por destralhar. É a forma mais eficaz de organizar, na minha opinião. Não dá para organizar tralha. Nem dá para acumular, pois limpar coisas que já não usamos, nem precisamos, é completamente descabido.

Como gosto de destralhar, não se torna uma tarefa demorada ou entediante. Depressa escolhi a roupa que já não usavamos e guardei em sacos. Aproveitei para levar à H&M, e consegui dois talões de 5€ por cada saco, tinha dois sacos, ou seja 20€ para descontar em futuras compras.

Fui também aproveitando para destralhar outras coisas. Pastas com faturas, documentos antigos e desnecessários, etc. Aos poucos desfiz-me de muita tralha, e de certeza que ainda terei mais destralhamentos pela frente.

Comprei alguns itens de organização para facilitar as coisas. É dinheiro bem investido, e estes acessórios são uma grande ajuda para quem tem pouco espaço. Por exemplo, consegui organizar a minha roupa interior só numa gaveta, quando anteriormente estava em duas, por ter as divisórias a ajudar. É muito mais fácil manter tudo no devido lugar.

E aos poucos tenho organizado muita coisa. Num dia organizei a minha roupa interior, no outro os meus pijamas, no outro os panos de cozinha...

A ideia é organizar o máximo possível antes do bebé nascer, para que nessa altura não ande stressada por ter a casa desarrumada. Há coisas mais importantes para fazer com um recém-nascido, não é verdade? :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

AVENTURAS DA GRAVIDEZ - ADORAM BEBÉS

Na semana passada fui fazer a ecografia do terceiro trimestre, com a minha obstetra.

Gosto de fazer as ecografias com a minha médica, se foi ela que escolhi para me acompanhar nesta etapa, então que seja sempre. E só houve uma ecografia, a morfológica, que fiz com outro médico, por sugestão da Dra, que gosta de ter uma ecografia feita por um colega, por várias razões. Mesmo nesse episódio, escolhi o médico, não foi um qualquer. E esse, era precisamente o obstetra que tinha escolhido na primeira gravidez.

Bem, mas continuando. Fui fazer a ecografia, muito bem disposta, mas a coisa não estava a correr muito bem. A imagem estava mazinha, eu não conseguia perceber nada, e já chorava os 15€ da gravação, pois um dia que fosse mostra-la ao meu filho, veríamos uma imagem chuvosa e desfocada. Resultado, a ecografia teve de ser adiada, pois o problema era mesmo do ecógrafo.

Repetir a ecografia... tudo bem. O pior é que já não seria com a minha obstetra, tinha de ser com outro médico. E qual médico, perguntam vocês. O médico que me deu a triste notícia de que tinha perdido o bebé, no passado, ainda recente na minha memória.

O médico foi antipático, frio... fazer agora uma ecografia com ele, deixou-me preocupada. Não por achar que fosse fazer um mau trabalho, não. Até porque é um obstetra conceituado. Mas imaginei-me a olhar para o ecrã e ter alguém a fazer a eco, sem me explicar nada, e sem sensibilidade nenhuma.

Mas pronto, lá fui repetir a ecografia.

E foi aí que cheguei a esta conclusão. Os obstetras adoram bebés! Entusiasmam-se! Parece que é sempre o primeiro. Falam daquele bebé como se fosse único. Falam do nosso bebé com carinho! Sentir isto com a minha obstetra, com a minha médica de família, com o obstetra que me fez a ecografia morfológica, é normal! Porque são médicos que conheço, ou que têm acompanhado a minha gravidez.

Com este fiquei realmente surpreendida. A forma como explicou tudo, como se referiu ao bebé, como referiu a posição, o mexer, como se fosse o único bebé a fazê-lo, fez-me simpatizar mais com ele.

E fiquei feliz, por ver que afinal o médico antipático e frio gosta de bebés, e ao que me pareceu, muito!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 26 de fevereiro de 2017

RELAXAR ANTES DE DORMIR

Felizmente nunca tive problemas de sono. Sempre dormi bem, à exceção, claro, de períodos tristes da minha vida (como quando sofri o aborto espontâneo, por exemplo), que me impediam de dormir e descansar com facilidade e qualidade.

Agora na gravidez, tenho continuado a dormir relativamente bem. Não tive ainda demasiado sono, como é referido por algumas grávidas, mas também não tive insónias. Só não durmo bem, quando o bebé resolve fazer maratonas a meio da madrugada e mexe-se, mexe-se, mexe-se... Mas como não é um acontecimento diário, não me posso queixar.

Mas posso afirmar, que algo que me ajuda a dormir bem, mesmo nas alturas que tenha algo a perturbar-me, são os alongamentos, ou posturas de yoga se assim preferirem, que faço sempre antes de me deitar.

São movimentos muito simples, mas que me ajudam a alongar o corpo, a aliviar a tensão que se vai acomulando ao longo do dia no corpo, principalmente no pescoço, ombros e costas.

Assim, deixo-vos alguns vídeos com exercícios pensados para executarmos já na cama, minutos antes de dormir.




É algo que não dispenso da minha rotina noturna, pois faz mesmo muita diferença na qualidade do sono e do descanso.

Também costumam alongar antes de dormir?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

SUGESTÕES DE UMA GRÁVIDA

A pedido de uma amiga que está a pensar engravidar, vou partilhar algumas sugestões daquilo que para mim tem sido essencial para me tranquilizar e sentir confortável com todas as mudanças inerentes à gravidez.

PREPARAR A GRAVIDEZ 
Planeei duas gravidezes, tendo uma corrido mal e outra estar a correr às mil maravilhas. Isto para dizer que planear ou preparar a gravidez não nos dá nenhuma garantia que tudo correrá bem, mas, e falo por experiência própria, o facto de sabermos que fizemos o que estava ao nosso alcance para tudo correr bem, da-nos algum alento caso algo se complique. Por isso considero importante fazer exames médicos, ter as vacinas em dia e tomar um suplemento vitamínico próprio para a fase de tentar engravidar. Tal como acho boa ideia ter algum dinheiro de parte para as novas despesas. Apesar de termos um sistema nacional de saúde que nos permite fazer vários exames sem pagar e, dá-nos também insenção nos centros de saúde e hospitais, existem ainda muitos exames que têm de ser pagos por nós (por exemplo os rastreios, não são totalmente comparticipados). Além disso, se formos seguidas também por um médico no particular, acrescem as consultas e exames que o obstetra manda fazer e ainda temos uma panóplia de coisas a comprar durante a gravidez. Acho que um "pé de meia" dá sempre jeito.

TER UM MÉDICO ASSISTENTE DE CONFIANÇA
Como já referi varias vezes, sou acompanhada pela minha médica de família e pela obstetra. Apesar de confiar na médica de família, confesso que me sinto muito mais segura com a obstetra. Acho mesmo essencial ser alguém que nos transmita segurança, que nos tranquilize, que nos tire todas as dúvidas, mesmo aquelas que nos parecem tolas, que nos deixe à vontade em todas as circunstâncias e que mostre empatia.

USAR ROUPA DE GRAVIDA
Usei muita da minha roupa até quase aos 6 meses de gravidez. Mas assim que comprei o primeiro par de jeans de grávida percebi o erro que cometi em não ter comprado antes. O conforto é algo muito importante e, apesar de ter usado calças de cintura muito subida, leggings, vestidos confortáveis, nada se compara a roupa própria para esta fase. Tal como a roupa interior. Faz muita diferença, e mesmo sendo algo que só se usa durante uns meses, vale o investimento.

BEBER MUITA ÁGUA 
A ingestão de água além de ser essencial para o bebé  (liquido amniótico) vai ajudar-nos na obstipação. Há grávidas a sofrerem horrores com a obstipação, mas a ingestão de muita, muita aguinha, ajuda muito nesta questão. E como disse, a saúde e bem-estar do bebé também depende

ALIMENTOS RICOS EM FIBRA 
Continuando na questão da obstipação, para que não seja um problema, é muito importante o consumo de fibra. Fruta com casca, aveia nos iogurtes, nas panquecas, nos batidos, sementes de linhaça... são apenas alguns exemplos de alimentos que devemos consumir diariamente para evitar a obstipação.

TER TEMPO
A gravidez é uma boa altura para a mulher ser um pouco egoísta. Nós temos a mania de querer fazer tudo, de sermos super-mulheres, mas agora é a altura ideal para aproveitar os miminhos das pessoas que gostam realmente de nós, de aproveitar para ter preguiça de realizar certas tarefas, de procrastinar, de dormir muito, de passar uma manhã ou tarde a cuidar da beleza, de tomar banhos demorados, de passar 500 cremes hidratantes para evitar estrias, de fazer aquilo que gosta com todo o tempo do mundo...





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

EXERCÍCIOS PARA MELHORAR POSTURA

A postura é uma das grandes armas para uma aparência jovem e saudável.

Quem trabalha em frente a uma secretária sabe que as dores de costas, pescoço e ombros são uma constante e regra geral, a má postura acompanha-nos durante o dia, em todas as nossas ativividades diárias, o que não contribui para amenizar o desconforto do dia-a-dia.

Sendo assim, escolhi alguns vídeos com exercícios que melhoram a postura, contribuindo para uma aparência mais elegante e jovem e, para amenizar as tradicionais dores de costas.





Fácil e barato! :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...