quinta-feira, 28 de novembro de 2013

NA MINHA VIDA DE SONHO...

Inspirada por outros blogues, aqui fica a descrição da minha vida de sonho.

... tudo é estável e equilibrado.

... tenho uma família feliz, saudável e unida.

... exerço arquitectura a tempo inteiro.

... tenho o meu próprio atelier.

... pratico yoga e medito diariamente, tanto sozinha como nas aulas.

... sou instrutora de yoga.

... o meu blogue inspira muita gente.

... a minha casa tem bastante luz natural, é ampla e arejada e, tem um espaço exterior muito agradável.

... tenho uma alimentação muito saudável e variada.

... como muita fruta e legumes e, pouca carne.

... viajo muito.

... sou bastante motivada, organizada e determinada.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

GUIA DE NATAL - RECEITAS 1

Há uns dias, falava com uma amiga minha sobre o Natal.

É engraçado como nós nos rodeamos de pessoas com os gostos idênticos aos nossos. As minhas grandes amigas, gostam tanto do Natal como eu. Por isso, nesta altura, partilhamos muitas opiniões e ideias.

Voltando à conversa com a amiga, ela dizia não ser muito apreciadora de bacalhau e, muito menos do tradicional bacalhau com todos, consumido por cá no Natal. Já eu, gosto muito de bacalhau e, gosto de todas as formas, até à data nunca comi de uma forma que não gostasse. Portanto, na véspera de Natal, independentemente da forma como o bacalhau é confecionado, eu aprecio sempre.

E por acaso sugeri à C. que fizesse bacalhau com natas. E não é que ela não gosta? Como é que é possível? :)
Bem, mas para quem gosta de bacalhau com natas, mas não quer ingerir assim taaaannntas calorias, tenho a receita ideal.

INGREDIENTES:
(para 2 pessoas)

- 2 postas de bacalhau grandes e demolhadas
- 1 cenoura
- 1 cebola pequena
- 1 ou 2 dentes de alho
- alho francês
- 1 curgete média
- 2 iogurtes gregos naturais
- sal, pimenta q.b.
- oregãos q.b.
- 2 colheres de sopa de azeite
- queijo mozzarela (ou tofu) magro ralado

PREPARAÇÃO
1. Coza o bacalhau, desfie-o e reserve.

2. Coloque o azeite a aquecer e acrescente a cebola picada ou às rodelas, o alho picado e algumas fatias de alho francês.

3. Tempere com pimenta e oregãos secos (o sal deixe para o fim, já que o bacalhau é por norma salgado).

4. Corte a curgete aos cubos, deixando ou não a casca, consoante o seu gosto e reserve.

5. Quando a cebola e o alho francês estiverem cozinhados, acrescente o bacalhau, misture bem e acrescente a curgete. Deixe cozinhar um pouco e acrescente a cenoura ralada.

6. Acrescente os iogurtes, misture bem, prove e se necessário, acrescente sal ou outro tempero.

7. Coloque o preparado numa travessa de ir ao forno e polvilhe com o queijo (ou tofu) ralado.

8. Deixe no forno até o queijo estar gratinado.

9. Sirva com uma bela salada. (sugestões aqui)

Et voilá! Uma sugestão saborosa e muito menos calórica que o tradicional bacalhau com natas. Não tem natas, nem béchamel, nem batatas fritas... portanto, parece-me uma boa alternativa.

Fica igual? Não, não fica. É bom? Para mim é, apesar das diferenças, como é óbvio. Mas é uma questão de escolher o que é mais importante para nós! :)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 26 de novembro de 2013

GUIA DE NATAL - DECORAÇÃO 1

Tradicionalmente, o dia de fazer a árvore de Natal e a decoração da casa é 8 de Dezembro. Mas cada vez mais cedo, as pessoas começam as decorações natalicias. Quem gosta do Natal, como eu, acha sempre pouco tempo de decorações, por isso é normal anteciparmos a data.
 
Escolhi algumas fotos com decorações que acho muito giras e até ecológicas, para publicar hoje, onde são reaproveitados materias comuns nas nossas casas, como frascos, garrafas, jornal, rolos de papel higiénico, paus de canela... Com alguma imaginação e paciência, podemos fazer coisas muito giras!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Todas as imagens foram retiradas da internet, não tendo conhecimento dos autores das mesmas.
 
Depois de ver estas imagens, fiquei com as ideias a fervilhar... :)

 
 
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

GUIA DE NATAL - PRESENTES 1

Hoje dou por aberta a época natalícia aqui no blogue!
 
Não sei se desse lado são todos apaixonados por esta época como eu, mas de qualquer forma, penso que muitas das sugestões que darei no próximo mês, poderão fazer parte da vida de qualquer um, em qualquer altura do ano.
 
Hoje vou apresentar a minha primeira proposta para presentes de Natal, que neste caso serão propostas para presentes que nos ajudem a ser mais saudáveis.

No ano passado fiz um post do género, que podem ver aqui. Vou tentar não me repetir! :)
 
- Uma agenda para ajudar na organização,

- Um cesto de frutos secos,

- Um liquidificador, para fazer sumos e batidos saudáveis e nutritivos,

- Um pacote de chá, seco por si (ou de compra) com um bule ou uma chávena,

- Um livro de receitas saudáveis,

- Um jantar feito por si,

- Compota caseira feita por si, com menos açúcar,

- Um bolo caseiro feito por si, utilizando menos açúcar e menos gordura, ou bolachas caseiras com frutos secos,

- Uma caixa de primeiro socorros,

- Uma balança para ajudar na manutenção do peso,

- Um plano de caminhadas na sua companhia,
 
- Uns ténis, uma blusa, um casaco ou umas calças para a caminhada,
 
- Uns alteres ou uma corda para saltar,
 
- Cachecol, gorro ou luvas,

- Um cabaz de produtos para um spa caseiro. Toalha macia, uma vela aromática, um cd com musicas relaxantes, um creme hidratante, um esfoliante e sais de banho,

- Um esfoliante e um creme hidratante,

- Uma máscara capilar, uma máscara facial, ou uma máscara facial e capilar,

- Uma caixa de bombons caseiros,

- Paus de incenso e queimador,

- Tem jeito para croché? Ofereça um cachecol feito por si com cores do agrado do presenteado, ou umas pantufas quentinhas,

- Um livro de auto-ajuda, de yoga, de pilates, de meditação ou de alongamentos,

- Uma manta quentinha para o sofá, ou melhor, para a pessoa que a receber estar no sofá,

- Sabe costurar? Ofereça um saco para o pão feito por si, ou um saco para as compras,

- Tem jeito para arranjar as unhas, ou para fazer massagens? Um óptimo presente para as suas amigas, primas, irmãs, etc.

Ofereça a sua companhia, o seu amor, a sua dedicação, a sua amizade, o seu carinho, o seu sorriso, a sua educação, os seus conhecimentos, a sua ajuda, o seu respeito, o seu tempo...

Podemos oferecer tanto aos outros, não é? :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 24 de novembro de 2013

GUIA DE EXERCÍCIO FISICO SEMANAL - 1

Resolvi mudar o nome deste post. Chamava-lhe "Exercícios para esta semana (data)" e agora passará a ser "Guia de exercício fisico semanal (1,2...)".

A semana passada foi atribulada em certas coisas, por isso não cheguei a fazer os exercícios do Shaun T. Pratiquei um pouco de yoga e fiquei feliz por descobrir que consigo fazer algumas coisas, que ainda não experimentei nas aulas. :)

Dito isto, esta semana farei os exercícios previstos para a semana passada e algumas práticas de yoga.

Podem ver neste vídeo (a partir do minuto 6) a postura que não sabia que conseguia fazer, até ter experimentado. É um orgulho! Ah, não consigo esticar totalmente a perna que está levantada, mas lá chegarei.

Desejo-vos uma semana cheia de energia. ;)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

O QUE HAVERÁ POR AQUI, ATÉ AO NATAL

 

Helena A.
 
O Natal está quase, quase aí!
 
Falta praticamente um mês, e até lá o tempo voa.

Apaixonada pelo Natal como sou, tenho pensado muito sobre o assunto nestes últimos dias.
Já comprei alguns presentes, que são apenas lembranças, os que não comprei estão decididos. Continuo a achar que só as crianças deveriam receber presentes... Ou deveríamos aderir ao amigo oculto, como no Brasil. Muito mais pratico e económico!

Bem, também estou a pensar nas festas em si.

E este ano, finalmente, parece que vamos juntar as famílias, tachos e cacarecos todos. Os meus, do Bruno (meu marido, acho que nunca o apresentei), e quem sabe os dos nossos cunhados também. :)  Assim é que é giro! Estamos todos com as pessoas que mais amamos, não há ninguém triste e sozinho em casa e, para mim, isto é que é Natal. As prendas e tal, são muito giras, mas o convívio, a amizade e o amor é que valem.

Se por alguma razão, esta festa não for como estou a imaginar, ou não vier a acontecer, terei a desilusão da minha vida. Mas acredito que vai ser de arromba!!! ;)

Mas aqui no blogue, pretendo partilhar muita coisa convosco até ao Natal.

Receitas tradicionais reinventadas (mais saudáveis que as tradicionais), truques para não engordar no Natal, sugestões de presentes, sugestões de decoração de Natal, sugestões de maquilhagem para os festejos...

Que tal, parece-vos bem? :)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

O QUE TENHO NO MEU NECESSAIRE!

Helena A.

Desde os meus tempos de adolescente, que me habituei a ter na mala (ou mochila) uma bolsa (necessaire) onde colocava os lenços de papel, creme de mãos e bâton de cieiro. Com o tempo, esses básicos foram aumentando e, hoje para mim é impensável não ter sempre comigo um necessaire com os produtos que mais gosto.

O que tenho no meu necessaire?


Helena A.

- Creme hidratante de mãos. Normalmente uso da Yves Rocher, mas o meu marido comprou-me este, porque queixei-me que tinha a pele muito seca. É de baba de caracol, tem um cheiro muito suave e deixa as mãos bastante hidratadas.

- Miniatura So Elixir da Yves Rocher. É o meu perfume há cerca de dois anos. Adoro-o. Por isso tenho uma miniatura no necessaire, para cheirar sempre bem.

- Spray para desinfectar as mãos. (Este "roubei" ao meu marido). Dá sempre jeito, caso não se possa lavar as mãos, esta é uma óptima solução.

- Pacote de lenços de papel.

- Kit de correctores (Catrice). Para disfarçar alguma coisa que se queira escondida. Este tem várias cores, portanto é óptimo para vários problemas.

- Amostras de BB Creme, Yves Rocher. É um bom substituto da base e, como é um pacote pequeno, não é necessário andar com a base atras. Se houver necessidade de usar, assim é muito mais pratico.

- Lima de unhas descartável, para o caso de uma unha falhar.

- Bálsamo para lábios muito secos (Labello).

- Bálsamo com cor e brilho para lábios (Yves Rocher).

- Baton rosa (Essence).

E por fim, o necessaire, que me foi oferecido pela minha irmã e sobrinha, que é da Panomania em Setúbal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ORGANIZAÇÃO / ARRUMAÇÃO - DÁ SAÚDE E FAZ CRESCER

De muito se tem falado de organização nestes tempos.
Por acaso é um assunto que me agrada muito. Tanto, que quando criei este blog, algumas das minhas amigas mais antigas (dito assim, parece que são velhas...), achavam que seria um blog sobre organização doméstica.

O blog foi feito a pensar na saúde e beleza, passando pelos mais variados temas que considero ligados a estes. E para mim, organização é essencial para ter um estilo de vida saudável.
Planear e organizar as refeições, contribui para escolhas mais saudáveis e económicas, "dar um jeitinho na casa" todos os dias, contribui para aliviar o stress e para não acumular todas as tarefas para um só dia, organizar as contas, contribui para a poupança de dinheiro, que pode ser utilizado em coisas que nos dêem prazer, etc.

Mas parece-me que existe alguma confusão nos termos de organização e arrumação. Não sou especialista no assunto, mas acho que são coisas diferentes.

Sou bastante desarrumada, no entanto sou organizada. Por exemplo, a minha secretária está sempre cheia de papelada, canetas, lápis, escalimetros. Todos os dias tenho de a arrumar, senão transforma-se num caos. Mas se alguém me pergunta por alguma coisa sei onde está. Tudo tem o seu lugar.

Há pessoas que têm as casas super arrumadinhas, mas nunca sabem de nada. Porquê? Porque não está organizada. Hoje arruma-se aqui, amanhã ali, no outro dia já não se encontra. Realmente está tudo arrumado, mas não está organizado.

O primeiro passo para estar tudo organizado, é escolher "a casa" de cada objecto. Depois é ir arrumando todos os dias.

- Não deixar roupa espalhada. A que está suja vai para o cesto da roupa suja ou maquina, a que está limpa para o armário.

- Lavar sempre a loiça ou colocar na maquina.

- Arrumar o balcão da cozinha todos os dias.

- Fazer a cama. O quarto fica logo arrumado.

- Jogar fora tralha. Folhetos de supermercado, embalagens vazias, papelinhos perdidos pela casa...

- Ter uma pasta para as contas pagas e outra para as contas a pagar (estas coloco no frigorífico presas com um íman até serem pagas).

- Ter uma agenda onde se escreve todos os compromissos a curto e longo prazo, para não serem esquecidos.

Pequenos passos todos os dias, ajudam-nos a organizar melhor. A definir prioridades, a perceber o que está a mais e o que faz realmente falta.

A casa tem muita importância na nossa vida. É o nosso espaço, o nosso refugio, por isso acho que independentemente de ser velha ou nova, de ser grande ou pequena, o importante é transmitir-nos tranquilidade. E isso, na minha opinião, só acontece, se existir arrumação e organização.

Estes cuidados diários de arrumação, permitem-nos também ter mais tempo para outras coisas, como fazer exercício, brincar com os filhos, conversar (ou namorar...) com o marido, preparar comida saborosa e saudável, descansar, etc. Portanto, se houver organização nas nossas casas, essa organização vai reflectir-se também noutros campos das nossas vidas. É um ciclo.

Por isso para mim, organização e saúde (ou sanidade mental) andam de mãos dadas. A partir do momento em que começamos a organizar alguma coisa, tudo começa a encaixar melhor. :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 19 de novembro de 2013

ELIMINAR STRESS

Todos temos fontes de stress nas nossas vidas. É algo inerente ao ser humano. Em doses moderadas, o stress tem algo de positivo e até pode ajudar as coisas a andarem para a frente, mas a maioria das vezes o stress deixa-nos de rastos.
 
Nestes últimos anos (2 mais ou menos) tenho feito muito para não stressar com tanta facilidade. Percebi que por muito ou pouco que me enervasse com determinadas coisas, elas permaneciam exactamente na mesma. Portanto comecei a mudar a minha postura, que era realmente a única coisa que estava nas minhas mãos.
 
Mais uma vez, muita dessa mudança de atitude, deve-se à prática de yoga e meditação. Comecei a dedicar-me mais aos meus sentimentos e pensamentos e, algumas coisas, atitudes, pessoas, passaram para segundo plano.

Existem no entanto muitas formas de ajudar a combater o stress.

- Saber qual a causa. É o primeiro passo para perceber o que fazer. Podem existir várias causas, más relações, excesso de trabalho, falta de trabalho, o trânsito, etc. Depois de determinar a causa, tentar arranjar soluções para o problema. Evitar as pessoas que nos stressam, ignorar as pessoas que nos stressam (se não podermos evitá-las), delegar tarefas no trabalho, ocupar tempos livres com actividades que nos enriqueçam de alguma forma (psicológica, profissional, monetária), usar transportes públicos, etc.

- Combater o mau humor. Coisas más atraem coisas más, coisas boas atraem coisas boas. E andar de mau humor a descarregar nos outros as nossas neuras, só vai fazer que os outros também descarreguem as suas neuras em nós, ou que simplesmente, nos evitem.

- Fazer pausas ao longo do dia. Aproveitar para respirar fundo e de forma consciente durante uns minutos, ajuda-nos a organizar as ideias e a acalmar.

- Saber ouvir os outros. Ninguém é dono de toda a verdade. Saber ouvir a opinião dos outros e respeita-la, evita muitas discussões.

- Ter o nosso tempo. É importante termos tempo para nós, para fazermos algo que gostamos, para tomar um banho relaxante, ler um livro, fazer exercício, qualquer coisa que nos dê prazer.

Deixo-vos um vídeo de yoga, como não podia deixar de ser, pensado para nos ajudar a eliminar o stress.


E também uma automassagem relaxante:


Desejo-vos uma semana muito tranquila. E lembrem-se, se andarem stressadas, não descarreguem nos outros, 'ta? :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 17 de novembro de 2013

EXERCICIO PARA ESTA SEMANA (18/11/2013 A 25/11/2013)

Como já referi várias vezes, preciso de treino cardiovascular. A pratica de yoga não chega para trabalhar tudo o que quero e, que devo.

Por isso, esta semana vou treinar com os meus amigos Shaun T. e Dr. Oz... :) Eles é que não sabem!!!

São 15 minutos. Assim de repente pode parecer pouco, mas reparem lá nas senhoras que os acompanham. Chega uma altura que mal conseguem tirar os pés do chão. E do Dr. Oz nem se fala.

Por isso, se esta semana, conseguir fazer toooodos os dias estes 15 minutos de exercicio, vou ficar muuuito feliz!


Desejo-vos uma semana cheeeeiiiiaaa de muitas e boas energias! :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

DEFENDER A PELE DO FRIO

As temperaturas vão baixar por cá (Portugal). Para a próxima semana teremos sol, mas muuuiiito frio. Portanto vamos lá proteger a nossa pele do frio.

- Aplique hidratante diariamente, tanto no rosto como no corpo.

- Tome banhos curtos e evite a agua demasiado quente. Agora é difícil, mas evite cair na tentação. A água quente remove a gordura da pele mais rapidamente, tornando-a assim, mais seca.

- Beba 1 litro e meio de água por dia (ou chá quente sem açúcar) para se manter hidratada.

- Dê preferência a produtos de limpeza e lavagem não alcalinos (ph entre 5.5 e 5.6) e sem detergente, álcool, perfumes ou agentes antibacterianos.

- Aplique protector labial antes de se deitar e ao longo do dia.

- Recorra a um humidificador para manter o ambiente húmido quando tiver o aquecedor ligado.

- Lave as mãos sempre que necessário, mas não se esqueça de aplicar creme de mãos sempre depois da lavagem.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

TEM CABELO MUITO SECO?


Use azeite para hidratar.

Basta aquecer 1 ou 2 colheres de sopa de azeite ( ou mais, dependendo do tamanho do cabelo) e passar no comprimento do seu cabelo, insistindo mais nas pontas.

Pode dormir com esta "máscara", envolvendo a cabeça numa touca, ou faça 20 ou 30 minutos antes do banho. Depois é só lavar como sempre.

O cabelo fica macio, não fica a cheirar a azeite e se repetir esta operação todas as semanas, vai notar diferença, pois o seu cabelo ficará mais nutrido e brilhante.

Desejo-vos um dia maravilhoso! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A ARTE DE DESTRALHAR

Foto retirada da internet. Autor desconhecido.

Ontem durante o jantar, a minha cunhada perguntou-me se já destralhei tudo.
 
"- Ainda não! É um processo longo."
 
Ela por sua vez, parece que também tem alguma vontade de destralhar, mas ao que parece ainda não teve coragem de começar.
 
Muitas vezes o problema é mesmo este. Começar. Mas também é um problema, o facto de acharmos que temos de fazer tudo de uma vez. Mas não tem de ser assim. Aliás, é melhor nem ser assim.
 
As más decisões tomam-se em alturas de stress e de pressão, portanto destralhar, desfazermo-nos de coisas que fazem parte da nossa vida há muito tempo, decidir de ânimo leve o que fica e o que vai, à pressa, provavelmente a tarefa irá ficar a meio.
 
Sendo assim, a minha sugestão (e o conselho dos entendidos no assunto) é ir fazendo as coisas com calma e por fases.
 
Eu gosto de começar numa divisão e destralhar tudo aí, só depois passo para outra e por aí fora. Passado um tempo, chego à conclusão que não destralhei tudo e que ainda tenho coisas desnecessárias e que posso desfazer-me delas. Volto a recomeçar e faço isto as vezes que achar necessárias.
 
Mas quem não tem tempo para fazer tudo numa divisão, ou simplesmente acha esta tarefa aborrecida, o segredo é fazer 10 ou 15 minutos todos os dias. Hoje destralha uma gaveta, amanhã outra, no outro dia uma prateleira, etc, etc, etc. até que já está tudo destralhado.
 
Vou mostrar-vos o que ainda tenho de destralhar..
 
A minha casa é pequena, portanto não é muito boa ideia ter muita coisa. Por outro lado não sou de ter muita coisa, mas (há sempre um mas) se não tenho cuidado acabo por acumular coisas desnecessárias. E as coisas que mais acumulei durante anos são:
- Livros, dvd's e revistas. Principalmente revistas. Tenho muitas aqui em casa e deixei uma bela colecção na casa dos meus pais.
 
No entanto, desde que comecei a destralhar percebi que tenho todas as facturas (devidamente arrumadas) desde que arrendámos a casa (luz, água, etc), extractos bancários, facturas de electrodomésticos, agendas com anos, com apontamentos de trabalho, desenhos da minha sobrinha e afilhada, livros que não li e que sei que não vou ler (ofertas de revistas), o meu portátil tem tralha que nunca mais acaba, tenho programas que nunca usei e nem sei para que servem, tenho ainda vários cd's com trabalhos de faculdade... portanto tralha é coisa que não falta na minha vida.
Depois há ainda a questão da roupa (nossa, de cama, toalhas de casa-de-banho e toalhas de cozinha)
Portanto fiz uma lista de tudo o que tenho de destralhar, mas que será feito por etapas e será revisto depois de algum tempo, pois há sempre tendência para voltar a acumular.
 
Quarto:
Tenho de fazer uma longa revisão da roupa do meu marido. Ele tem coisas que nem se lembra ter. Para isso preciso da sua ajuda, pois há coisas que acho giras mas que ele já não gosta.
 
Depois vem a minha roupa. Aqui já não é grave, já que todas as estações faço uma limpeza, mas acho que ainda tenho coisas guardadas que podem ser doadas, porque não as visto.
 
Escritório:
Aqui está a tarefa maior.
 
Ver todas as facturas que já podem ser jogadas fora. As da água, luz, etc, supostamente devem ser mantidas durante 6 meses. Mas há quem aconselhe 5 anos. Estou na duvida. Sabem alguma coisa sobre o assunto?
As facturas dos electrodomésticos cuja garantia já tenha terminado (quase todos os que temos), podem ser deitadas fora.
Documentos/comprovativos de IRS, devem ser mantidos durante 5 anos.
Ou seja, aqui há pouco a fazer, já que tenho tudo organizado numa pasta e num dossier.
 
Ver as tais agendas, pois estão guardadas porque têm apontamentos sobre assuntos relacionados com trabalhos. Burocracias, etc. Basta seleccionar a informação que me interessa, passar para um caderno onde escrevo vários apontamentos do género e deitar as agendas fora.
 
No portátil, tenho de desinstalar todos os programas que não uso. Ver todas as pastas de trabalho e pessoais e apagar tudo aquilo que não interessa. As fotografias também têm de ser revistas, apagadas as repetidas, as desfocadas, as feias... Reorganizá-las em pastas por anos e meses.
 
Canalizar tudo o que me interessa dos cd's do tempo de faculdade apenas num. De certeza que não tenho muita coisa que queira guardar. Licenciei-me há 7 anos e nunca voltei a consultar nada, não há-de ser agora que terei necessidade de ver.
 
Em termos de revistas, já comecei a fazer o destralhamento. Mantenho as de arquitectura (que são muitas) e as do ultimo ano, porque gosto de voltar a ler e consultar. Quanto às revistas de arquitectura, não sei ainda o que fazer. Estão ali umas centenas de euros (tenho revistas de 50€) e apesar de estarem um pouco desactualizadas, gosto de as ter. Daqui a uns tempos volto a pensar no assunto, mas por agora vou mantê-las.
 
Os desenhos da sobrinha e afilhada, vou manter. Vou comprar um dossier bonito para o efeito. Tenho um desenho feito pela minha sobrinha em 2007 do nosso gato Tobias. Ela tinha 5 anos, como posso desfazer-me deste desenho? Nem dos outros. São todos bonitos e especiais, ofertas de aniversário, de Natal, até de dia dos namorados! :)
 
Sala:
Na sala já destralhei praticamente tudo o que havia para destralhar. Os dvd's estão em caixas no sótão da minha mãe e no da minha sogra. É batota, porque simplesmente os levei para outro sitio. Mas a verdade é que gosto muito de cinema e simplesmente não os tenho em casa porque não tenho espaço. Quando tiver outra casa, faço questão de mantê-los.
 
Quanto aos livros, dei-os à minha mãe. São do género que ela gosta, portanto estão bem entregues.
 
No resto da casa o destralhamento vais sendo feito diariamente. Basicamente o resto da tarefa resume-se a organizar tudo o que fica. Muitas vezes habituamo-nos a arrumar as coisas de determinada forma, mas com pequenas alterações ganhamos muito espaço e arrumação.
 
Hoje por exemplo, destralhei a maquilhagem. Tinha uma mala daquelas que têm sombras, batons e vernizes, com alguns anos. Quase nunca a usei e os vernizes e batons até os dei à minha sobrinha para ela brincar. Hoje joguei as sombras fora e na malinha (que é muito gira) guardei a maquilhagem que uso com mais frequência (Base, corrector, pó, blush, rimel, 2 sombras, 2 lápis e pincel de blush). Assim fica tudo organizado e não preciso andar a procurar na altura de me maquilhar.

Estes cuidados, servem simplesmente para simplificar a vida. Tornam mais fáceis as tarefas domésticas já que há menos coisas para limpar, sabemos sempre onde temos tudo, é mais fácil arrumar na correria do dia-a-dia, sabemos tudo o que temos portanto não gastamos dinheiro a comprar coisas repetidas, usamos tudo o que temos (roupa, por exemplo) e sentimo-nos leves.

E vocês, gostam de destralhar ou de acumular? ;)






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 12 de novembro de 2013

SE A VIDA TE DÁ LIMÕES, FAZ LIMONADA - 3

Desta vez a vida (os pais) não me deu limões, mas sim maçãs!

Muitas maçãs, quilos de maçãs. Durante uns tempos, comemos maçãs ao pequeno-almoço, ao almoço, lanche e jantar. Mas para além de começar a fartar, as maçãs começaram a ficar demasiado maduras. Tive de lhes dar outra vida.

Pensei fazer compota de maçã e canela, que adoro! Mas já tenho compota de tomate, compota de abóbora (duas diferentes, uma minha outra da minha sogra) e de dióspiro (feita ela minha comadre). Mais uma compota, significa mais calorias e mais tentações! Ainda por cima esta, que gosto tanto.

Sendo assim, pensei (e fiz) polpa de maçã. Sabem a polpa de maçã que se vende para os bebés? Esta é muito melhor!!!
Helena A.

Só tive de arranjar as maçãs e ir colocando umas gotas de limão, colocar tudo num tacho com um pouco de água e cozer durante uns minutos. Depois foi só passar tudo com a varinha mágica, colocar em frascos esterilizados e já está. Pronto a comer.

A polpa de maçã, pode ser consumida, como sobremesa, ou como acompanhamento de carne assada. Pessoalmente não faço essa mistura (expliquei aqui), mas há quem goste.
Eu gosto de comer morno e adiciono canela. Fica maravilhoso. E todo o doce, desta doce sobremesa, é da própria fruta, já que não adicionei açúcar.

Esta solução também é boa para os bebés, e muito mais saudável que as de compra. É uma óptima forma de aproveitarmos fruta que temos em excesso, ou simplesmente fruta que comprámos e por algum razão não comemos.

Desejo-vos um dia cheio de decisões saudáveis! ;)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

SUBSTITUIR VERNIZES

Nesta minha mania de destralhar (ainda verde em certos departamentos), também os vernizes foram alvo de substituições.

Para comprar algo novo, antes tenho de verificar o que tenho, para não correr o risco de comprar idêntico, e também para perceber se há algo já a terminar os dias que possa ser substituído.

Sou uma apaixonada por vernizes. Adoro pintar as minhas unhas e modéstia à parte, até tenho jeito para a coisa. Neste momento menos agitado da minha vida, não pinto as unhas com a mesma frequência de outros tempos, mas continuo a gostar muito deste acessório de moda que é o verniz.

Sou fã incondicional de verniz vermelho. Desde que experimentei, nunca mais o abandonei. Gosto de vários tons, mas o mais tradicional fica sempre bem. Vivo, acetinado... Adoro. Mas gosto de muitas outras cores, que vou mudando consoante a estação do ano.

Nesta altura de frio, prefiro os tons escuros. E este ano usam-se mesmo os muito escuros. Portanto estou na minha praia.

Na altura de destralhar, foram os vermelhos os reis da festa. Estavam secos, demasiado espessos e velhos. Tiveram a companhia de um branco leite e lá foram eles dar uma volta ao bilhar grande.

Helena A.
 
Quando chegou a hora de comprar novos, escolhi alguns tons escuros da moda. Roxo escuro (yves rocher), cinzento (andreia), preto (essence) e a minha irmã deu-me um burgundy (maybelline).
 
 
Helena A.


Neste fim-de-semana optei por usar a roxo (que na verdade é mais escuro do que parece na foto). Adoro a cor, adoro a textura do verniz, o brilho...tudo!

Quando pinto as unhas, faço o trabalho completo. Não gosto de pintar as unhas sem arranjá-las. Equivale a vestir roupa lavada sem tomar banho. 

A minha manicure resume-se ao seguinte:

- Limo as unhas.
- Coloco as mãos num recipiente com água morna e óleo de amêndoas doces.
- Com um pau de cutículas, empurro as cutículas e passo creme pelas mãos e unhas.
- Limpo as unhas e passo base endurecedora nas mesmas.
- A seguir pinto as unhas e por fim passo um top coat. Nos últimos tempos tenho experimentado os top coats com efeito gel e considero-os um bom investimento.

Este foi o resultado da última manicure.


Helena A.

A foto ficou um bocadinho desfocada, mas com a pressa foi o melhor que consegui. Mais uma vez, a cor na foto parece mais clara do que é na realidade.
 
 
E por aí, há fãs de unhas pintadas? :)






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 10 de novembro de 2013

EXERCICIOS PARA ESTA SEMANA (11/11/2013 A 17/11/2013)

Parece que o sol vai ficar por Setúbal nos próximos dias, por isso vou aproveitá-lo e dar umas algumas caminhadas.

As caminhadas na minha opinião, são óptimas. Podemos fazê-las em qualquer altura, à hora de almoço enquanto vemos montras, quando vamos aos correios, quando passeamos o cão, etc. Podem ser 5 minutos de manhã, 10 ao almoço e 5 à tarde. No fim do dia andámos 20 minutos, que farão muito pela nossa saúde.

Para aumentar ainda mais esses benefícios, podemos fazer alguns exercícios em casa. Assim o treino será mais completo, queimaremos mais calorias e trabalhamos mais a nossa força e flexibilidade.

Segunda - feira: Abdominais


Quarta - feira: Pernas


Sexta - feira: Braços


Desejo-vos uma semana cheia de energia! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 9 de novembro de 2013

FALTA MUITO PARA O NATAL?



Alf, Helena A.

Será? Falta mesmo?

A percepção do tempo varia de pessoa para pessoa, por isso para algumas pessoas é absurdo eu falar de Natal a esta altura do campeonato. Mas a verdade é que daqui até ao Natal vai um pulinho. E talvez seja boa ideia (não sei, digo eu) começar agora a planeá-lo.

Vai oferecer presentes? A quem?

Já pensou quanto vai gastar? Já fez contas para ver se o que pretende gastar está dentro das suas possibilidades? 

Onde vai comprar os presentes?

Quando vai comprar os presentes?

Estas são questões que para mim são lógicas e essenciais. E para mim, tem toda a lógica começar a comprar presentes agora. Para além de fugir da correria das vésperas de Natal, consigo pensar. Como é que alguém raciocina enquanto faz compras à pressa e quase que leva porrada quando agarra na última blusa preta que está na prateleira duma loja? (Sim, já me aconteceu.)

Começando agora consigo comparar preços, ver os artigos com calma, pensar se aquilo será ou não útil para determinada pessoa e, se o preço é ou não adequado ao meu orçamento. E quando chega a véspera de Natal, não ando stressada porque ainda tenho de comprar isto ou aquilo para esta ou aquela pessoa.

Também já comecei a pensar na decoração cá de casa. Este ano não preciso comprar nada para a árvore. Já tenho coisas suficientes, que podem ser intercaladas e combinadas entre si.
Mas tenho uma dica que julgo ser boa. Se estiverem fartas da vossa árvore ou decoração, troquem-nas com alguém que tenha o mesmo problema.

Há 2 anos fiz isto com uma amiga minha. Trocámos a árvore, a minha é verde e a dela branca, e no ano passado foi engraçado voltar à minha, pois pareceu-me enorme. Acho que não vale a pena gastar muito dinheiro nestas coisas, às vezes basta ter alguma imaginação.

Outro item a pensar e a ponderar muito bem, são os cuidados a ter para não engordar no Natal. No ano passado não engordei logo, mas descontrolei-me nas semanas (que passaram a meses) seguintes. E do Natal até à Páscoa engordei mais de 3 quilos. Pode parecer pouco, mas para mim é muito. É o suficiente para ficar com a roupa muito apertada e, para não me sentir bem. Por isso, este ano tenho de ter alguns cuidados e, já ando a tratar disso.

Bem, isto tudo dará pano para mangas. Portanto muitos posts vão sair desta lenga-lenga toda.

Bom fim-de-semana! :)




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

E QUANDO NÃO SE EMAGRECE, MESMO PRATICANDO EXERCICIO?

 
Helena A.
 
Pode parecer estranho, mas acontece muito. E pior, até se pode engordar depois e se iniciar uma actividade física.

Existem vários factores que podem contribuir para este aumento de peso.
Quer saber porque não emagrece mesmo treinando frequentemente? Ora veja:

- Porque dorme pouco - Vários estudos confirmam que existe relação entre a privação de sono e o aumento de peso. Não só por questões hormonais, mas também porque o facto de não descansar o suficiente a deixa stressada, sem paciência para cozinhar, optando assim por comida rápida e mais calórica.

- Porque come pouco - Muitas vezes é necessário diminuir o numero de calorias para emagrecer, mas há que ter cuidado com as escolhas que faz, já que estas devem ser nutritivas. Uma alimentação demasiado regrada, até pode fazer com que perca peso no inicio, mas depois quando regressa aos hábitos normais, engorda muito mais.

- Porque come muito - Muitas pessoas caem no erro de achar que basta ir ao ginásio e que podem comer tudo o que gostam sem restrições. Mas não é bem assim. O exercício é importante, mas o que escolhe comer também pesa muito.

- Porque come muitos alimentos light - O facto de ser light pode significar que tem menos açúcar, no entanto é comum este tipo de alimentos ter mais gordura que os ditos normais. E até podem ter adição de outras substâncias utilizadas para darem sabor, mas que acabam por engordar. E o facto de ser light, não significa que pode ser consumido excessivamente.

- Porque toma medicamentos -.Antidepressivos, medicamentos com cortisona, corticoides, podem contribuir para o aumento de peso.

- Por causa do seu marido - Muitas vezes o facto da pessoa que amamos comer muito, leva-nos a acompanhá-la sem darmos por isso, (É o que normalmente acontece no inicio do casamento) resultando assim no aumento de peso.

- Porque só faz exercício no ginásio - O facto de ir ao ginásio, não quer dizer que possa passar o dia sentada sem se movimentar. O corpo precisa de movimento e não é uma hora no ginásio que é suficiente. É importante andar a pé, subir escadas, aspirar, varrer, lavar vidros, saltar á corda com a filha, jogar futebol com o filho, passear o cão no jardim, etc, etc, etc.

Termina assim a semana dedicada somente ao exercício físico. Espero que tenham gostado! :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

DE QUANTO TEMPO PRECISO PARA PRATICAR EXERCICIO FISICO?

De pouco!

Sim, hoje em dia existem vários estudos que confirmam já não haver necessidade de passar horas no ginásio a treinar para obter resultados muito satisfatórios. A não ser que pretenda tornar-se atleta profissional. Aí já terá que suar bastante!


Helena A
 
Pode treinar 5 minutos por dia e verá o corpo a melhorar. O segredo está na intensidade que atribui aos exercícios que faz. Quanto mais se esforçar, melhores resultados terá.

Na revista Saber Viver deste mês, está um plano de exercícios para pessoas que dispõem de pouco tempo para se exercitarem, ou para quem simplesmente não gosta...

Pode escolher exercícios para se exercitar em 5, 10 ou 15 minutos. Basta escolher.

5 MINUTOS:

1 Minuto
- 21 Agachamentos seguidos de lunges
De pé, com os pés à largura dos ombros, paralelos entre si, flicta os joelhos e volte à posição inicial. Após um agachamento, coloque uma perna para trás e desça e suba o tronco (lunge).- Troque a perna.

+ 1 Minuto
- 20 flexões
Deitada, de barriga para baixo, com as mãos no chão afastadas à largura dos ombros, faça flexões com ou sem os joelhos no chão.

+ 2 Minutos
Repetição do circuito.

Sobra 1 minuto para as transições.

10 MINUTOS:

1 Minuto e 30 Segundos
- Subir e descer escadas.

+ 1 Minuto
- 21 Agachamentos seguidos de lunges

+ 1 Minuto
- 20 Flexões

+ 30 Segundos
- Subir e descer escadas

+ 4 Minutos
- Repetições de circuito

Sobram 2 minutos para as transições.

15 MINUTOS:

30 Segundos
- Subir e descer escadas.

+ 1 Minuto
21 Agachamentos seguidos de lunge.

+ 30 Segundos
Subir e descer escadas.

+ 1 Minuto
- Flexões

+ 30 Segundos
- Subir e descer escadas.

+ 1 Minuto
- Fundos.
De costas para um cadeira ou muro, coloque as mãos na ponta do assento e avance os pés. Desça, flectindo os braços e aproximando os glúteos do chão. Retorne à posição inicial.

+ 1 Minuto
- Glúteos no chão.
Deitada, de barriga para cima, coloque a planta dos pés no chão e eleve a anca (sem tocar com os glúteos no chão).

+ 30 Segundos
- Subir e descer escadas.

+ 6 Minutos
Repetição do circuito

Sobram 3 minutos para as transições.
 
Agora já não há desculpas! :)




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O QUE LEVAR NO SACO DO GINÁSIO

Foto retirada da internet, autor desconhecido

Esta post era para ter sido publicado ontem, mas estive sem internet e foi impossível. Desta forma hoje terão dois posts para ler. À noite publico o segundo.

Pode parecer óbvio o que levar no saco do ginásio. Mas acredito que desse lado existam pessoas que nunca tenham andado num ginásio e que precisam de umas dicas sobre o assunto.

O meu conselho é ter 2 sacos, se for todos os dias ao ginásio. É muito fácil o saco ficar com um cheiro esquisito, principalmente para quem vai de manhã e o deixa o dia inteiro no carro, com roupa transpirada, toalha molhada, etc. Assim, vá intercalando os sacos, e coloque o que usar a apanhar ar ou a secar caso o lave.

Depois, também é necessário ter vários equipamentos. Na minha opinião pelo menos 3, para que possa lavar e secar convenientemente depois de cada utilização.

Tenha 2 ou 3 toalhas de mãos, para usar no ginásio. Para colocar nas maquinas, para limpar a transpiração, para colocar no colchão, etc. Lave-as sempre depois de cada utilização, já que vão ficar cheias de bactérias.

A toalha de banho é essencial para quem toma banho/duche no ginásio. Também deve ter 2 ou 3 para este efeito, para serem lavadas depois de cada utilização.

Compre uns ténis só para o ginásio. Há ginásios que dão muita atenção a este pormenor, outros nem por isso. Mas é importante que os ténis estejam limpos, portanto usá-los na rua e depois no ginásio não é higiénico. Além disso é uma falta de respeito para com as outras pessoas. Já que é desagradável colocar o colchão num chão que está com areia e sujidade da rua, porque alguém se lembrou de andar com os ténis do ginásio o dia todo.

Se toma banho no ginásio, leve sempre uns chinelos para o efeito. Nem pense em tomar banho sem chinelos, ou arrisca-se a apanhar alguma infecção na zona do chuveiro.

Sendo assim, o que levar no saco do ginásio?

- Equipamento - top para segurar bem as mamocas, t-shirt, calças/calções, meias, casaco se for friorenta.

- Ténis

- Toalha para exercício

- Garrafa de água

- Toalha para banho/duche

- Chinelos para banho

- Fita ou elástico para prender o cabelo

- Bolsa com gel duche, creme/óleo corporal, desodorizante, champô, perfume e outros produtos que use e ache necessários.

- Bolsa com maquilhagem, caso considere necessária.

A minha sugestão é que coloque os ténis num saco e que tenha também um saco para colocar a toalha de banho e outro para os chinelos, já que estes vão ficar molhados. O equipamento e a toalha de exercício, já não é necessário, pois todos os outros itens estarão separados, mas se achar mais higiénico, coloque também noutro saco.

Estes são os itens que considero básicos para colocar no saco do ginásio.

Divirtam-se! :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 5 de novembro de 2013

COMO COMEÇAR/RECOMEÇAR A PRATICAR EXERCICIO FISICO


Helena A.

Todas sabemos da importância de praticar exercício. Nem sempre temos tempo ou dinheiro, mas é importante termos estratégias que nos possam ajudar a ter pelo menos alguma actividade física.

Antes de mais, penso que é importante decidir se quer praticar exercício num ginásio ou não.

Se se decidir pelo ginásio, tenha em conta a sua disponibilidade, os horários do ginásio, as modalidades, a mensalidade, condições de pagamento, etc. Pense bem antes de escolher. Pois muitas vezes fazemos opções que se revelam traiçoeiras. Para a ajudar a escolher um ginásio consulte este post.

Se por outro lado escolher praticar exercício em casa, veja como manter a motivação aqui

Independentemente do local onde decidir exercitar-se, é muito importante conciliar exercício cardiovascular (andar, correr, saltar, bicicleta, basicamente transpirar...) com exercícios localizados. Só desta forma vai queimar gordura e tonificar os músculos. Por exemplo, se fizer só abdominais, dificilmente irá perder a barriga, pois a gordura continua lá. No entanto se queimar a gordura com exercício cardiovascular, os exercícios abdominais irão ter outro efeito.

Vá evoluindo devagar. Comece por fazer uma caminhada de 20 minutos hoje, aumentando 5 minutos cada dia, por exemplo. Não queira fazer tudo num dia.

Aqui no blogue partilho muitos vídeos de exercícios (vejam nas etiquetas de exercício físico) que também eu faço. Uns são mais fáceis que outros, mas o importante é não desistir. Mais vale fazer pouco do que não fazer nada.

Para além do exercicio propríamente dito, existem truques que nos ajudam muito a cuidar do corpo. São cliché, toda a gente sabe, mas não custa repetir.

Ande a pé, troque o elevador pela escada, aspire a casa, limpe as janelas, encere o chão, ande em bicos de pé pela casa, encolha a barriga e endireite as costas, hidrate o corpo todos os dias, finalize o duche com água fria...

Força nisso meninas! :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

ROTINA DE EXERCICIO E CASAMENTO - A MINHA EXPERIÊNCIA


Helena A.


Como é que o facto de casar, pode alterar a rotina de alguém, no que toca à prática de exercício físico?

Esta questão surgiu, quando há uns dias, uma amiga minha se queixava da sua indisponibilidade para praticar exercício. A verdade é que a conheço há tempo suficiente para saber que a vontade também não é muita, mas compreendo as suas queixas.
 
Casou há cerca de três anos e, desde então que as idas ao ginásio começaram a ser semestrais, chegando ao ponto de pagar um ano inteiro de ginásio, sem nunca ter lá posto o rabo. Isso para mim é impensável. Estar a pagar cerca de 50€ para supostamente ir todos os dias e depois nem chegar lá perto...eu ficaria doente...
 
Falávamos sobre isto, sobre o facto de a maioria das pessoas engordar depois de casar, quando ela me faz uma sugestão que apreciei bastante.
 
"Que tal falares da tua experiência no teu blogue? Como te organizas para fazeres exercício, como consegues manter o peso...essas coisas."
 
Não tenho nenhuma receita mágica, mas talvez o meu exemplo possa ajudar outras pessoas.
 
Desta forma, esta semana as publicações serão todas relacionadas com exercício físico.
 
Segunda - Rotina de exercício e casamento - a minha experiência.
Terça - Dicas para começar/voltar a praticar exercício físico.
Quarta - O que levar no saco do ginásio?
Quinta - De quanto tempo preciso para praticar exercício?
Sexta - E quando não se emagrece mesmo treinando diariamente?
 
Quando eu e o meu marido, na altura namorado, começámos a procurar casa, resolvi também procurar ginásio. Na altura praticava step 2 vezes por semana, na junta de freguesia onde vivia. Mas como ìa mudar de casa e estava numa fase profissional que me parecia suficientemente estável, achei que seria um bom investimento inscrever-me num ginásio à séria.
 
Fiz um apanhado dos ginásios que ficariam perto de casa ou do local de trabalho. Visitei-os a todos, fiquei a par dos preços, das condições de pagamento, dos horários e das modalidades.
 
Depois foi só escolher. Optei pelo Vivafit, por várias razões:
 
Era perto do meu local de trabalho, podia ir a qualquer hora e praticar circuito (maquinas), as aulas eram curtas (entre os 30 e 45 minutos), podia ir várias vezes ao dia, ou fazer varias aulas/circuitos seguidos e, o preço estava dentro do meu orçamento.
 
Assim, comecei a praticar exercício na minha hora de almoço, já que 3 vezes por semana dava explicações em casa depois de sair do trabalho.
 
Tinha 1 hora de almoço, que me dava para chegar ao ginásio, equipar-me, fazer circuito ou aula ( às aulas chegava 5 minutos atrasada), tomar duche e voltar para o atelier. Isto tudo a correr, claro está. O problema é que ficava sem tempo para almoçar, portanto o meu almoço durante uns tempos foi sandes, iogurtes e coisas do género. Mais tarde optei por pedir ao meu patrão mais 30 minutos para almoçar e saía 30 minutos mais tarde.
 
Havia um dia que preferia ir depois do trabalho, pois adorava a aula com aquela professora. Nesse dia ía almoçar a casa, arrumava o que tivesse que arrumar, preparava o jantar (já que chegaria mais tarde e desta forma seria só o meu marido colocar a cozinhar) e às 18h lá ía eu para o ginásio, fazia um circuito e às 18:30 fazia uma aula de pilates (a tal que adorava). Duche e trânsito, chegava a casa por volta das 20:15.
 
Durante 1 ano e meio a minha rotina foi esta. E funcionava muito bem. Gostava muito do ginásio, do clima entre sócias e professoras e saía de lá sempre melhor do que quando entrava. Quando voltava para o escritório, ia sempre com mais energia, muito mais paciência, mais concentração... 

Quando saí do escritório e abri a minha própria empresa, as coisas complicaram-se. Já não estava perto do ginásio, pois nem trabalhava nem morava lá perto. Aguentei mais 6 meses, mudei um pouco as rotinas, ia de manhã antes de ir trabalhar (às 8:30), mas nem sempre conseguia ir e comecei a achar que não tinha lógica pagar 50€ para ir ao ginásio 2 vezes por semana. Portanto resolvi sair, o que me custou um pouco, confesso.

Uns meses depois, surge o Yoga na minha vida e desde aí que a minha rotina de execicio está dependente apenas da minha motivação. Claro que também é assim porque tenho mais tempo livre, mas como podem ver, o facto de trabalhar (alguns dias mais de 8 horas) nunca foi impedimento para mim.

Uma das razões que a minha amiga apresenta para não ir ao ginásio, é facto de ter de cozinhar, de arrumar a casa, de engomar roupa, etc.

"E não temos todas?" - perguntei-lhe eu. Pelo menos a maioria tem, não é?

Como em tudo na vida, acho que o segredo é a organização. Claro que uma pessoa que trabalha longe de casa, que passa 3 horas por dia no trânsito (foi o que me aconteceu quando mudei de emprego) não terá a mesma disponibilidade para praticar exercício, como uma que trabalha perto de casa. Mas se nos organizarmos, de certeza que arranjamos um tempinho para mexer o esqueleto.
O meu marido por exemplo, durante muito tempo só jogou futebol ao sábado de manhã. Não era o ideal, mas era melhor que nada.

A minha dica é esta:

Façam um diário de rotinas. Num caderno ou agenda, apontem tudo o que fazem durante o dia, durante uma semana. Desde que se levantam, até que se deitam. Vão ver que têm algumas horas do vosso dia, simplesmente desperdiçadas. Ou veem demasiada televisão, ou vegetam no sofá muito tempo, ou estão muito tempo sentadas na esplanada na hora de almoço...
De vez em quando recorro a estes sistema. Normalmente em alturas que vejo que o meu tempo simplesmente não está a render nada. E fico sempre admirada. Na última vez que fiz, vi que passava demasiado tempo na internet, de volta dos blogues e sites sobre isto e aquilo. Coisas que muitas vezes não em serviam para nada. Tempo jogado fora. Tão simples quanto isto.

A verdade é que todos temos 168 semanais, aquilo que fazemos com elas, depende muito de nós. :)




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...