terça-feira, 6 de janeiro de 2015

ORGANIZAR PARA VIVER MELHOR - ORGANIZAR TEMPO

Todos temos 24 horas diárias para as mais variadas actividades. A forma como as organizamos, depende maioritariamente de nós, das nossas obrigações e das nossas prioridades.

Quantas vezes parece-te que tens muito tempo livre e chegas ao fim do dia sem teres feito nada de jeito? Quantas vezes parece que não tens tempo para nada e acabas por passar várias horas em frente à televisão sem fazer nada? E quantas vezes achas que não tens nada para fazer e depois não paras um segundo?

Nem sempre é fácil, é certo, mas como sempre é essencial existir organização. E essa organização pode passar pela realização de um horário. Sim, porque não um hórario como quando estudávamos?Lembro-me de fazer horários onde colocava todas as tarefas que tinha de realizar num dia, desde as horas de aulas, às de estudo, ao ginásio, etc. E era precisamente quando tinha este cuidado que tinha as melhores notas. Portanto, parece-me que a estratégia é boa e pode muito bem continuar a ser aplicada.

Não tenho um trabalho com um horário fixo. Este mês posso ter um horário e para o mês que vem já ter outro, tal como posso estar muito ocupada numa altura e ter outra em que tenho muito tempo livre. Por isso, nem sempre consigo manter os dias do exercício, ou das compras iguais, por exemplo. Mas gosto de saber o que vou fazer amanhã, gosto de ter um horário para as refeições, um dia para fazer compras, um dia para limpar a casa, etc. E é por isso mesmo que gosto de fazer um horário, pois assim organizo-me melhor e consigo fazer tudo o que é importante.

Aqui, podes ver o meu horário e como organizo os meus dias.


Como organizo o meu horário?

1º Horário fixo - Coloco no horário as horas de trabalho, que são horas fixas e não posso mudar.
Tem em conta o tempo que perdes nas deslocações para o local de trabalho/aulas.

2º Refeições - É essencial e temos de comer. Para além de ser bom para a tua organização definir um horário, também é bom para o metabolismo e saúde em geral, comer mais ou menos à mesma hora todos os dias.
No meu caso, como faço todas as refeições em casa, contabilizo também o tempo da confecção da refeição e o tempo de lavar loiça e arrumar a cozinha. Há dias que o tempo é menor, por ser o meu marido a cozinhar ou por ter a sua ajuda nestas tarefas.

3ª Tarefas domésticas (casa) - Também elas são importantes e ocupam muito tempo, por isso vou dividindo o "mal pelas aldeias" para não passar o fim de semana, que são os dias mais libertos, a limpar, aspirar, lavar, etc.

4º Exercício - Algo que valorizo muito, mas que se não tiver um horário, o dia passa e não faço nada.
Quando as temperaturas aumentarem um pouco (lá para Março), pretendo voltar ao exercício no parque aos sábados de manhã. Nessa altura terei que fazer uns ajustes no horário.
Também nos domingos que faço yoga no estúdio, o horário muda um pouco, já que a aula começa às 10:30.

5º Compras - Faço compras uma vez por semana e, neste momento o dia de eleição é o sábado.

6º Estudar - O tempo de estudo resume-se basicamente a organizar as explicações do dia seguinte, a preparar fichas de trabalho, etc. Mais raramente, essas horas de estudo são também para fazer trabalhos de arquitectura.

7º Hora de dormir

8º Tempo livre - Que nem sempre significa tempo livre. Este tempo pode ser aproveitado para tratar de assuntos pendentes, para descansar, para preparar posts, etc.

A vantagem do horário, é que estando no papel é mais fácil visualizar realmente como ocupamos o tempo e, o tempo que temos livre. Por outro lado, o facto de termos um horário não quer dizer que se tenha de viver agarrado a ele. Podem ser feitas alterações consoante as nossas necessidades ou mesmo a nossa vontade.

Tal como referi que o tempo que tenho disponível para as refeições engloba a preparação da refeição e a arrumação e limpeza da cozinha, também no exercício está previsto um duche rápido. Por exemplo, não demoro 30 minutos a tomar o pequeno-almoço, portanto começo a fazer exercício por volta das 8:45, ou seja, por volta das 9:05 ou 9:10 estou a tomar duche, já que faço apenas 15 ou 20 minutos de exercício. Aliás, dependendo da actividade física que vá realizar, a ordem das tarefas também muda. Posso começar pelo exercício, passando depois para o duche e só depois tomo o pequeno-almoço.

Bem, isto para dizer que o horário serve de base, que pode ser alterada consoante a necessidade. O importante é teres noção das tuas prioridades e organizares-te para que consigas realizar todas as tuas tarefas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

  1. Olá Helena, que ideia engraçada! Vou tentar fazer apesar de com duas crianç as será difícil cumprir mas sem dúvida uma ajuda a organização. Bom Ano, Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana.Acredito que com as crianças as coisas sejam muito mais dificeis. Ainda mais quando uma é bebé, ou estou enganada?Mas ter uma base pode ajudar qualquer coisa.bjinho

      Eliminar
  2. Sim Helena não está enganada :) um bebé com 3 mesinhos, mas se uma pessoa tiver uma tabela destas para se orientar acredito que seja mais fácil até porque prezo muito as rotinas e horários nas crianças. Obrigada e continue com as dicas maravilhossas ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana. Continuarei a dar o meu melhor. ;)

      Eliminar
  3. Adorei este post! Eu já tentei fazer um semanal em que ia colocando as tarefas discriminadas, mas nem sempre funcionava. Já reparei que se quisermos manter um horário fixo para tornar-se rotina nesses hábitos, devem ser feitos todos os dias pelo menos 21 para que esse hábito permaneça...não é facil!
    Vou tentar novamente, obrigada pela motivação, comecei a ler o seu blog depois do Natal, mas já li quase todos os posts! Adoro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Elsa. Fico muito feliz por estares a gostar do blog. Quanto às rotinas, nem sempre é facil implementá-las, mas quando se quer muito, de uma forma ou outra, consegue-se. Em relação aos 21 dias, sinceramente, acho que comigo não resulta. Já tive habitos durante anos e depois perdi-os, já consegui fazer algo durante um mês inteiro e de repente deixei de fazer... por isso não sei até que ponto não será mito. Penso que o principal é a nossa motivação. Mas de certeza que vais arranjar uma forma de ter uma rotina organizada. Beijinho e mais uma vez, obrigada pelo apoio! :)

      Eliminar